Trocando os pés com Cristo

domingo, 23 de agosto de 2015


 
Você já imaginou dormir no domingo à noite e acordar segunda- feira de manhã sendo Jesus Cristo? Um dia como Jesus Cristo, mas com sua vida. Andar no trânsito, ser fechado por outro carro e não falar mal, mas ter a paciência de Cristo. Caminhar pelas ruas, ver os necessitados e ter a misericórdia e a compaixão Dele pelo próximo. Ser perseguido e injustiçado e ainda assim confiar totalmente em Deus, como Cristo confiou, sabendo que no final o melhor acontece.
Como seria bom ser totalmente como Cristo em um dia das nossas vidas! Adam Sandler em seu novo filme “trocando os pés”, interpreta um sapateiro que tem uma máquina mágica de consertar sapatos, que quando usada acontece algo inacreditável. Ao vestir o sapato concertado, o sapateiro toma a forma física do dono do sapato.
O filme é uma sacada muito boa de seu roteirista e diretor, e tem um final como uma lição de moral bem legal também.
Foi assistindo a este filme que me lembrei de um texto de Max Lucado, que li na minha adolescência, que fala pra imaginarmos como seria um dia de nossas vidas sendo Jesus. Penso que Deus quer mesmo que a cada dia possamos ser mais parecidos com Ele. Então se tivesse que vestir um calçado mágico de alguém, vestiria as sandálias de Cristo.  Para poder agir conforme Cristo agiu. E mesmo com minhas dificuldades, erros e falhas humanas, aprender e prosseguir caminhando segundo os passos Dele.

 

  



Rodrigo Almeida de Petrópolis Rj, colunista tambem do site Ultimato Jovem




Trocando os Pés

Sinopse: Um solitário sapateiro de Nova York (Adam Sandler) costuma consertar os sapatos de clientes experientes na arte de viver: que frequentemente tiram férias e vivem aventuras. Ao lado de seu amigo barbeiro (Steve Buscemi), ele espera a sua própria aventura, e vê a vida passar diante de seus olhos. Quando recebe uma generosa herança de família, surge a possibilidade do trabalhador assumir outro papel e ver o mundo de uma forma diferente.

Ano: 2015

3 comentários:

Nilza Freitas Costa disse...

Nós somos imagem semelhança de Cristo, temos que tentar para chegarmos a santidade, calçarmos a sandálias da humildade,

Rangel de Jesus disse...

Olá meu amigo.
O filme parece bem interessante. Não tive a oportunidade de assisti-lo, mas pelas informações em sua publicação possa que haja mesmo uma lição interessante. Vou pesquisar depois. E obrigado por visitar meu site. Se estiver interessado em parceria veja em nosso site nossa nova política de parceria. É só clicar no rodapé do site em "Contato e Parceria". Fica na paz.

António Jesus Batalha disse...

A Paz de Jesus.
Estive a ver e ler algumas coisas no seu blog que achei muito interessante feito com muito gosto e carinho, virei aqui mais vezes,o que li deu para perceber sua dedicação.
Gostei de tudo o que vi e li.
Vim também desejar muita paz.
Abraço.
http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

Postar um comentário