Clube dos Cinco Diferentes mais Unidos

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Uma vez escutei uma frase muito legal “Vamos deixar de lado nossas diferenças porque separados não chegamos a lugar nenhum.” Era uma ministração de um louvor em um cd, ouvi nunca mais me esqueci, era um cd da Banda Rhemajireh já falecida do meio gospel, acabou nem sei como. Neste post quero falar sobre isso nossas diferenças na vida ou na igreja não podem impedir de chegarmos ao objetivo.

O filme é mais um clássico da década de 80, Num sábado 5 alunos são obrigados a irem para o colégio cumprir detenção por faltas feitas durante a semana. Quando chegam começam a ver que são alunos totalmente diferentes um dos outros. É um garoto da equipe de luta do colégio ou seja um esportista, o outro garoto é um nerd sem óculos magrelo que detesta esportes, Tem também uma patricinha da escola que vive num mundo de celebridade escolar, A outra menina é a estranha anda mal arrumada com roupas negras e é lerda e por ultimo o bad boy revoltado que xinga todo mundo e todo sábado esta na detenção.

Agora eles precisam passar a tarde juntos para fazerem uma redação sobre que pensam de si mesmos, o filme que é espetacular se passa nessa tarde onde todas as diferenças dos cinco são colocadas a prova, onde todo preconceito é discutido. E numa tarde de muitas diferenças eles acabam descobrindo que na verdade são cinco adolescentes que tem os mesmos desejos e problemas que todo adolescente tem. No final eles se unem e fazem uma única redação do clube dos cinco.

Na vida e no ministério principalmente, precisamos deixar nossas diferenças de lado, já ouvi muito sobre pessoas que pararam no meio do caminho ou desistiram por causa de diferenças. Que possamos aprender a colocar as diferenças de lado e focar o que nos une que é pregar o evangelho da vida a tempo e fora de tempo.

Pastor Rodrigo Almeida




Clube dos Cinco


Sinopse: Em virtude de terem cometido pequenos delitos, cinco adolescentes são confinados no colégio em um sábado, tendo de escrever uma redação de mil palavras sobre o que eles pensam de si mesmos. Apesar de serem pessoas bem diferentes, enquanto o dia transcorre passam a aceitar uns aos outros e várias confissões são feitas entre eles.

Ano: 1985

Original: Breakfast Club

1 comentários:

Daniela Rodrigues disse...

Seguindo!
Segue de volta?

http://princesas-pink.blogspot.com/

Postar um comentário